Como comprar o torquímetro certo?

Como comprar o Torquímetro certo?
                                                                                                                         

Comprar o torquímetro certo para cada aplicação é importante por dois motivos: para poder atender plenamente as exigências de aplicação de torque controlado ou de controle de torque aplicado ou ainda para haver um rápido retorno de capital investido.

Por esses motivos, o torquímetro certo deve ter precisão, qualidade e capacidade ideal para cada aplicação. Aqui, mais algumas dicas para escolher o torquímetro certo dentro da vasta linha Carlsons:

 1 - Se você vai aplicar torque com o seu torquímetro: compre um torquímetro de estalo ou de giro-livre.

 2 - Se você vai usar esse torquímetro em linha de montagem. Com valor de torque constante: compre um torquímetro de estalo ou giro-livre, sem escala, com torque fixo, tipo “Pre-set”.

 3 - Se você tem torques variados a serem aplicados em linha de montagem: compre um torquímetro de estalo ou giro-livre, com escala.

 4 - Se você vai medir ou controlar torques aplicados: compre um torquímetro de relógio com registro de leitura máxima ou um torquímetro digital.

 5 - Se você vai fazer auditoria para fins de Controle Estatístico de Processo (CEP): compre um torquímetro com microprocessador ou um Sistema de Controle Estatístico de processo de Torque.

 6 - Se você vai controlar ou aplicar torques de tolerâncias estreitas: compre um torquímetro de relógio ou digital.

 7 - Se você vai executar serviços de manutenção: compre um torquímetro de estalo, com escala.

 8 - Se você aplicar torques baixos (abaixo de 1 Nm): compre um torquítro axial , de giro-livre ou de relógio tipo “calibre de torque”.

 9 - Se você vai aplicar torques altos (acima de 1.500Nm): considere a compra de um multiplicador de torque, a ser usado com torquímetro de relógio, ou de estalo.

 10 - Se você precisar de um torquímetro de relógio, de alta capacidade, a ser usado por um único operador: compre um modelo com sinal de luz ou sinal sonoro.

 11 - Se você usar um torquímetro de estalo para aplicação de torque final (após aplicação de pré-torque por uma ferramenta pneumática ou elétrica); compre um torquímetro sem catraca (de pino fixo).

 12 - Se um único operador vai completar todo o ciclo de instalação e o aperto de um parafuso: compre um torquímetro de estalo, com catraca.

 13 - Se não houver acesso vertical (ou axial) ao parafuso para utilização de um soquete: compre um torquímetro de cabeça intercambiável que permite o acesso frontal (ou lateral).

 14 - NUNCA compre um torquímetro no qual o torque de trabalho se situa abaixo de 20% da capacidade máxima do torquímetro.

 15 - NUNCA compre um torquímetro para ser usado constantemente entre 90% 100% de sua capacidade máxima.


Torquímetro gedore

Torquímetro gedore

Torquímetro gedore
              



 Por Karl Heinz Schuth

Para mais informações e esclarecimentos, entre em contato com nossos especialistas através do e-mail vendas@carlsons.com.br ou 11- 3351-5000

Acesse nossas redes sociais!
Site

Instagram
Facebook

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Central de Tinta Inteligente Graco

Paquímetro: Digital ou Analógico?

Segurança em primeiro lugar! Estiletes